Você tem uma causa?
Então busque os seus direitos




Mensagem
Artigos

PERGUNTAS SOBRE O FUNDO 157

Fundo 157: 3,5 milhões de pessoas podem reaver cerca de R$ 1 bilhão, diz CVM

• Quem tem direito a receber o Fundo 157?

Resposta: Somente as pessoas que declararam imposto de renda, nos exercícios entre 1967 e 1983, e que tinham imposto devido (não importando se no cálculo final fosse a pagar ou a receber), podiam efetuar aplicações no
Fundo 157.

• Como faço para consultar se tenho cotas do Fundo 157?

Resposta: Entre em contato conosco por e-mail ou telefone e tenha em mãos seu CPF ou da pessoa detentora do direito. As informações são prestadas com base em dados fornecidos pelas instituições em abril de 1996. Quem já houver resgatado integralmente suas aplicações, a partir daquela data, não possui mais cotas a resgatar.

• Pelo número de CPF foi verificado que nada consta em meu nome ou de terceira pessoa. No entanto, possuo comprovantes de aplicação. Como devo proceder?

Resposta: Com base nas informações prestadas e a devida cópia dos comprovantes, tomaremos as medidas cabíveis para que você possa reaver o seu investimento.

• A notificação da declaração de imposto de renda ou a própria declaração valem como comprovantes de aplicação?

Resposta: Não. O documento válido como comprovante de aplicação é o Certificado de Compra de Ações (CCA), com a chancela mecânica da instituição ou um extrato, mesmo que antigo, evidenciando o investimento.

• A instituição que fiz a aplicação não existe mais. Como proceder neste caso?

Resposta: O interessado deverá verificar qual o atual administrador do fundo.

A listagem, contendo os nomes dos antigos administradores e as instituições que os sucederam, pode ser visualizada CLICANDO AQUI>>